• Preferida
  • Stenio Motos
  • Sobralnet
  • Nova_FIT
  • Salão Dade Grande
  • Larbos_GRANDE_0
  • Lojão Pessoa 20 Anos
  • Mil_Opções_Biju_GRAND
  • Dra Virginoa
  • Chaveiro
  • Fernandes
  • Lava_jato_dois_amigos_big

Esporte

ANTES DE DECISÃO CONTRA O BARCELONA, REAL GOLEIA O ALMERÍA E ULTRAPASSA RIVAL

reuuscream1

Merengues jogam desfalcados de CR7, mas dominam jogo e vencem por 4 a 0, na última partida antes da final da Copa do Rei, contra o time catalão, na quarta-feira

 

A última rodada do Campeonato Espanhol antes da final da Copa do Rei, na próxima quarta-feira, foi perfeita para o Real Madrid. Depois de ver o rival Barcelona ser derrotado pelo Granada, o time merengue entrou em campo neste sábado bastante desfalcado - inclusive sem o astro Cristiano Ronaldo -, mas conseguiu dominar e golear o Almería: 4 a 0, com gols de Di María, Bale, Isco e Morata.

 

A vitória leva os merengues à vice-liderança do Campeonato Espanhol, com 79 pontos - assim como o líder Atlético de Madrid, que leva vantagem no critério de confronto direto contra o Real. Os colchoneros ainda entram em campo neste domingo, contra o Getafe. O Barcelona vem na terceira colocação, com 78.


Domínio merengue do começo ao fim...

Apesar dos desfalques de CR7, Sergio Ramos e Xabi Alonso, o Real Madrid praticamente não deixou seu campo de ataque no primeiro tempo. Com muita velocidade pelas pontas, os merengues encurralaram o Almería e praticaram uma verdadeira artilharia, com muitos chutes de longe. Di María assustou logo aos três minutos ao mandar uma bomba no travessão, e depois forçou Esteban a fazer duas boas defesas. A postura ofensiva seguiu, com Bale dando trabalho à zaga adversária pela direita.

 

As finalizações persistiam no ataque merengue, enquanto a defesa não tinha qualquer trabalho. Mas o placar só se alterou aos 27 minutos, quando Di María recebeu ao lado da área, cortou o marcador e chutou forte no canto direito de Esteban: um belo gol do argentino. Antes do intervalo, Fábio Coentrão pediu pênalti ao ser puxado por Zongo na área, mas o árbitro mandou o jogo seguir.


A etapa final não alterou muito o panorama da partida, que ficou ainda melhor para o Real Madrid. Di María mostrou que estava realmente inspirado e, no primeiro minuto, fez um cruzamento de letra. O segundo gol merengue veio logo aos sete, quando Benzema tabelou com o argentino e rolou para Bale chegar batendo. Esteban tentou defender, mas a bomba estufou as redes. Mal houve tempo para a comemoração, a diferença aumentou com Isco, chutando colocado entre os zagueiros, aos 10.

 

Então, os dois técnicos começaram a realizar as alterações. Enquanto Francisco Vílchez tentava dar mais poder ofensivo à sua equipe, Carlo Ancelotti começou a testar alternativas: a começar pelo brasileiro Casemiro, que substituiu Di María - possivelmente poupado, já que sentiu dores durante o aquecimento para o jogo. Apesar das alterações, os merengues continuaram dominando o adversário, com Benzema desperdiçando chances em sequência. Coube ao jovem Morata dar números finais ao placar aos 39, aproveitando passe de Illarramendí: 4 a 0.

 reuuscream2

globoesporte.com

  • Mil_Opções_Biju_MÉDIO
  • Lava_jato_dois_amigos_medio
  • Nova_FIT_1
  • Nova_FIT_2
  • Larbos_MÉDIO
  • Salão Dade Médio
  • Virginia 2
  • Regina Cabelereira

 

larbos

 

 

 10551781 672422606177722 410294415 n

reginacabe

 

 

sobralnmid